Ajuda

Idosa de 71 anos se arrisca para salvar poodle de ataque de pitbull

1.jpg

‘Só não matou porque entrei no meio’, disse a aposentada Maria das Dores.
Moradores do Serra Verde reclamam que cão fica solto e ataca pessoas.

Uma idosa de 71 anos se arriscou para salvar o cachorro da raça poodle de um ataque de um pitbull em Piracicaba (SP). Segundo a aposentada, os donos do cão sempre o deixam solto na rua, no bairro Serra Verde, e, por isso, ele ataca moradores e outros animais. "Só não matou porque entrei no meio", disse Maria das Dores Farias.

Mesmo com dois pinos nos joelhos, a aposentada correu para salvar Pelé, que é seu companheiro há cinco anos e ficou ferido.

Maria foi até a Polícia Civil e o caso foi registrado como omissão de cautela na guarda ou condução de animais. A
aposentada contou ao G1 que o filho abriu o portão da casa para sair com o carro e o cachorro fugiu. O caso aconteceu no dia 28 de novembro. “Ele não é acostumado a sair na rua, só sai quando levo para passear com a coleira”, disse.

No momento em que o poodle saiu, o pitbull preto estava na rua e atacou o animal, que é de pequeno porte. Maria contou que ao ouvir os gritos do seu cachorro, correu e separou os dois com um pedaço de pau. “Dei umas pauladas e ele largou meu Pelé, se eu não fizesse isso ele ia morrer”, relatou.

2.jpgA idosa passou por uma cirurgia nos dois joelhos recentemente e está com dois pinos nas pernas. “Na hora nem pensei nisso, corri e não me importei com a dor”, contou. Maria das Dores disse ainda que ficou tão nervosa com o medo de perder o cachorro, que não conseguiu dormir durante a noite.

Pelé ficou com ferimentos por todo corpo e a idosa gastou mais de R$ 300 com veterinário, injeções e remédios. “Moro sozinha com ele e um gato, nós até batemos um papo. São meus companheiros, fiquei com medo de acontecer o pior”, desabafou.

Ataques frequentes
Segundo a artesã Mônica Cristina de Faria, filha da idosa, os donos do pitbull sempre o deixam solto no bairro e o cão já mordeu um homem na rua. “No mesmo dia do caso da minha mãe, o cachorro quase matou outro animal e também já mordeu o pé de um idoso”, contou.

De acordo com a artesã, os moradores do Serra Verde temem o perigo que o pitbull oferece e já tentaram reclamar com a dona, mas ele continuou solto nas ruas.

FONTE: G1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s