Noticias

A CHEGADA DOS ANIMAIS AO PLANO ESPIRITUAL APÓS O DESENCARNE

Retirado da comunidade Asseama

No livro O EVANGELHO DOS ANIMAIS é narrada a história do desencarne e do retorno ao Plano Espiritual do cãozinho ASTOR, “filho” de Seu Arlindo, que, em certo dia, acordou e o encontrou estranho e vomitando, tendo em seguida caído desmaiado no quintal:

—————

“Quando seu Arlindo acordou, a equipe de desencarne da colônia já estava presente.
Frei Adolfo reuniu-se à equipe escalada para realizar o desligamento do corpo físico de Astor, conforme a programação reencarnatória do mesmo.
Encontraram o lar silencioso.

Astor era hipertenso e tornava regularmente remédios.
Por necessidade do desencarne, sua pressão sofreu um pico, promovendo o acidente vascular cerebral que culminou no encerramento da pouca energia vital ainda presente no corpo físico.

Os técnicos desligaram todos os laços que prendiam o corpo espiritual ao corpo físico.
Astor, então, foi recolhido com intensa ternura por Frei Adolfo.
Dormindo sono profundo, e carregado nos braços com carinho, foi encaminhado para o plano espiritual.

Lá se encontrava à sua espera a antiga tutora, Dona Amélia, esposa de Seu Arlindo que havia desencarnado há três anos.
Astor e Dona Amélia haviam sido grandes companheiros e não era a primeira vez que se encontravam.
Seu Arlindo chorava na Terra a despedida de Astor, pensando o quanto sentiria falta daquele grande amigo.
Dona Amélia, no entanto, alegrava-se com a notícia de que teria junto de si, no plano espiritual, o companheiro querido, e ansiava por vê-lo logo fosse possível.

Enquanto isso, na colônia espiritual, adentravam Frei Adolfo e a equipe de desencarne do hospital veterinário.
Astor era devidamente cuidado e recebia os primeiros tratamentos no corpo espiritual.
Acolhido em confortável cama, numa sala grande, semelhante a uma enfermaria, permanecia o grande e velho cão dormindo profundamente.

Astor está conosco agora, e dorme.
A realidade de Astor já será outra: o grande e amável cão logo se recuperará.
Neste momento, já não tem NENHUMA DOR e DORME MUITO BEM, COMO HÁ MUITO TEMPO NÃO ACONTECIA DEVIDO À INSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA CAUSADA PELO CORAÇÃO.

Neste momento, chega, feliz e emocionada, Dona Amélia.
Ao ver Astor na enfermaria seus olhos se encheram de lágrimas.
Aproximou-se, então, de Astor, sentou-se ao seu lado.
Olhou todo seu corpo espiritual. Com uma emoção profunda, disse baixinho:

– Meu grande companheiro Astor. Que alegria vê-lo aqui! Como Deus é bom, quanta bondade em nos aproximar novamente!

Dona Amélia deitou a cabeça em Astor e ali permaneceu por longo tempo, FELIZ.

Fonte

(O EVANGELHO DOS ANIMAIS, Equipe Espiritual da ASSEAMA, psicografia de Sandra Calado)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s