Animais

Cuidado ao doar – Adoção por impulso

Quero adotar um peludo!

Antes de qualquer coisa, você deve refletir, analisar e pensar ao menos uma dez vezes antes de tomar esta decisão.
Porque?

Um Peludo encherá o lar de alegrias é fato, mas o mais importante, os peludos dão trabalho. Filhote é tudo de bom, mas quando adotamos um peludo pequeno, temos que ter a consciência do tanto quanto aprontam. Dentes finos coçam sua boquinha para diminuir este nervoso, destroem objetos, roem móveis, ainda não sabem onde devem fazer as necessidades, fazem em lugar errado. Se não ficarmos atentos, roubam comida e ainda comem o que não deve, desde chinelos a roupas.
Ok você quer mesmo assim, adotar!

Vamos as considerações: Adulto ou filhote?
Os filhotes demandam muito tempo dos tutores, muita paciência, amor e dedicação. Precisamos ensinar o que ele pode roer (seus brinquedos) e o que não pode roer (nossas coisas); onde fazer as necessidades; ensinar as boas maneiras. Tudo isso demanda tempo. Muito tempo. E acidentes acontecem. Qualquer cão entediado destrói coisas: é preciso cansar e ocupar os cães. E cansar e ocupar um filhote pode ser um desafio para muitas pessoas.

E um cão adulto? Ele já está mais calmo (por volta dos dois anos, antes disso ainda é filhote, principalmente os cães maiores), é mais fácil educá-lo e os acidentes serão menores (mas com certeza acontecerão, afinal, ninguém é perfeito).
Independentemente disso, cães precisam de cuidados médicos, uma alimentação equilibrada, exercícios físicos, brincadeiras, educação, brinquedos que o ocupem quando não estamos em casa, um ambiente equilibrado: tudo aquilo que queremos para nós mesmos.

E não podemos nos esquecer que os cães podem, sim, adoecer e sujar a casa. Cães podem vomitar, ficar com dor de barriga e não é culpa deles: é nessas horas que eles mais precisam de nosso carinho, amor e cuidado. Não dê broncas.

Cães soltam pelos (TODOS), babam (alguns), têm cheiro (alguns). Você está disposto a ter pelos nas roupas, móveis e na sua casa? Limpar baba de vez em quando? Liga para cheiro de cachorro ou não o suporta? Cães vivem no mínimo dez anos: você se compromete a cuidar de um ser vivo que é totalmente dependente de você por este tempo? Mesmo com todos os pelos, babas e cheiros?

Pense muito bem nisso porque se você adotar um cão e se desfizer dele, pode ser que ele sofra muito. Sim, porque por mais que ele vá para outro lar e seja muito amado e bem cuidado, pode ser que para ele seja algo muito difícil e ele sentirá sua falta. Para se ter uma ideia, Suzie [a whippet da Fúlvia] precisou ficar em um hotelzinho para cães e entrou em depressão, mesmo sendo cuidada e recebendo visitas de uma amiga minha. Precisou se tratar por 20 dias para voltar ao normal e, neste período, nem água ela tinha vontade de beber (precisei dar água para ela na seringa).

Cães não são brinquedos e não escolheram vir para nossa casa: fomos nós que escolhemos trazer um cão para nossa vida. Por isso, e só por isso, nos tornamos responsáveis por eles por toda vida, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, na juventude e na velhice.

Se os cães são nossos melhores amigos, você não acha justo que sejamos os melhores pais do mundo para eles?

Pense nisso antes de levar um cão para sua vida.

http://www.maedecachorro.com.br/2010/10/adocao-por-impulso-nem-pensar.html

http://cantodosbichos.blogspot.com/

http://maescomcaes.blogspot.com/

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s